Brasil Original Amazônia - SEBRAE/AM
0
faça suas compras sem sair de casa

Expositores


Informe-se: Parte dos itens ofertados pelo produtor orgânico podem não ser orgânicos. Certifique-se com o vendedor antes da compra e verifique o documento que comprova a lista de produtos controlados (certificado orgânico ou declaração de cadastro). A responsabilidade por esta comprovação é do vendedor.






História dos Artesãos


Alessandra Andrade, Novo Airão – AM. Matéria-prima: madeira
Há 10 anos atrás, a artesã conheceu a marchetaria e ficou encantada. A partir daí começou um caminho de estudar novas técnicas até encontrar o seu próprio jeito de criar.


Clarice Arbela, Manaus – AM. Matéria-prima: tucum, corda e fios
A artesã é presidente da AMARN – Associação das Mulheres do Alto Rio Negro, reunindo 70 mulheres indígenas de diferentes etnias. Para ela o artesanato é a própria vida, pois ele dá voz a arte indígena.


Deolinda Freitas, Manaus – AM. Matéria-prima: tucum, corda e fios
Faz parte da AMARN - Associação das Mulheres do Alto Rio Negro e vê no artesanato uma possibilidade de retratar a cultura e os costumes indígenas.


Dinalva Campos, Barcelos – AM. Matéria-prima: piaçava
Artesã indígena da etnia Tariano, presidente do núcleo NACIB, desenvolve suas peças a partir da tradição e da energia ancestral que vem da sua cultura.


Gláuria Melo, Manaus – AM. Matéria-prima: couro e fios
Para a artesã a atividade do artesanato começou como um hobby e se transformou em atividade profissional.


Layze Souza, Manaus – AM. Matéria-prima: tecido
Formada em nutrição, a artesã começou a trabalhar com artesanato por paixão. A memória fotográfica é sua grande aliada na criação de suas peças.


Lorena Alfaia, Manaus – AM. Matéria-prima: papel machê
A artesã aprimorou sua técnica a partir do olhar sensível da sua filha que tem um espectro do autismo. A marca registrada de suas peças é que de um lado possuem cor e do outro é branco e preto.


Márcio Almeida, Manaus – AM. Matéria-prima: couro
Após anos trabalhando na área administrativa, o artesão ficou saturado com o ambiente de escritório e começou a trabalhar com artesanato.


Regina Medeiros, Manaus – AM. Matéria-prima: massa fria (rejunte, massa corrida e cola)
Por meio de uma experiência espiritual que a artesã descobriu seu caminho a ser percorrido no artesanato.


Rita Prossi, Manaus – AM. Matéria-prima: sementes, pedras, fios, prata e ouro. As lembranças da infância com artefatos indígenas, histórias e lendas na varada de casa, o dia a dia da vida ribeirinha, alimentaram o imaginário da artesã.

Valdenise Cabral, Manaus – AM. Matéria-prima: sementes
A artesã indígena pertence a etnia Sateré Mawé. Por trás de cada peça produzida, ela busca transmitir a história e o valor cultural indígena.


Val França, Manaus – AM. Matéria-prima: madeira e fios
A artesã é indígena do Povo Cocamas. Suas coleções são inspiradas em grafismos que valorizam a identidade dos povos indígenas.

Sobre a Plataforma


A pandemia mudou muita coisa. Mudou o jeito de nos relacionarmos uns com os outros, a forma como trabalhamos, como vemos o mundo ao nosso redor. Sim, nós nos reinventamos. Foi preciso ver nas dificuldades, uma oportunidade de aprendizado e crescimento. Nós mudamos o nosso jeito de empreender!

Essa plataforma é o resultado da sinergia do Sebrae e dos artesãos em responder os desafios do Covid-19.

De forma fácil e intuitiva, você vai encontrar expositores dos Estados do Acre, Amazonas, Rondônia, Roraima e Tocantins. Uma plataforma que reúne talento, inovação, originalidade e qualidade nos mais diversos produtos oferecidos aqui.

Na busca, é possível selecionar os expositores por Estado e categoria. São acessórios, moda, artesanato e decoração. Ao adquirir produtos artesanais, você está valorizando as tradições, a cultura e os valores expressos em cada peça produzida.

Ao selecionar os produtos, você entra em contato diretamente com o artesão, por meio do telefone ou WhatsApp. Realiza uma compra direta, sem intermediários.

Juntos vamos fortalecemos a economia e o segmento do artesanato em nosso país.

Atenção:
Esse canal foi criado para conectar expositores e consumidores. A responsabilidade pela entrega, procedência e qualidade dos produtos é integralmente do expositor, tal como numa loja, feira de rua ou exposição.

Consumidor: certifique-se de verificar se possui todas as informações necessárias para a compra.

Expositor: certifique-se de estar ciente das suas obrigações e fornecer todas as informações relevantes para o seu cliente.

O Sebrae não é intermediário das relações de consumo e não terá nenhuma responsabilidade pelas operações iniciadas por meio desse canal.